A Regra de Ouro do Primeiro Paragrafo

Neste texto você vai descobrir algumas regras de ouro para elaboração de um primeiro paragrafo que garante que as pessoas se interessem pelo seu conteúdo e comecem a lê-lo.

Então, me diga: O que acabou de acontecer? Por que você esta lendo este texto?

Você poderia desistir no primeiro paragrafo, mas não fez isso!

Sabe qual o motivo?

É simples! Inicialmente este texto tem alguns objetivos:

  1. Fazer você ler;
  2. Ensinar sobre uma questão técnica;
  3. Complementar os objetivos deste blog.

 

Estes 3 passos são essenciais para que você tenha começado a ler. Mas, vamos falar do seu texto?

Antes de escrever qualquer coisa, precisamos ter muito claro nosso objetivo. Porque o primeiro paragrafo é um gatilho que prende atenção e é completado pelo conteúdo que se segue. Sem objetivos claros é muito fácil criar conteúdos que não geram valor e nem trazem resultados.

Sim! Todo texto tem um resultado!

Um resultado para quem lê e um resultado para quem escreve!

Você estabelece quais resultados deseja quando escreve um texto?

Se não faz, é importante começar a fazer.

Além disso, outros 3 aspectos precisam ser considerados para um bom inicio de texto:

  1. Usar a linguagem de quem lê;
  2. Considerar o tempo de relação que temos com o lê;
  3. Ter claro o tipo de conteúdo que vamos oferecer.

Se você quer criar um primeiro paragrafo encantador, foque em usar as palavras que mais tem sentido para seu leitor.

Sem pesquisa é muito difícil acertar a mão. E a maioria das Psi´s acaba usando palavras que fazem mais sentido para outras Psi´s do que para o leitor (pense nisso!)

 

Reflita também como é sua relação com seus leitores. Cada texto é único e pode ser dirigido para leitores novos ou antigos (por exemplo)

Para novos leitores é comum utilizarmos um pouco mais de objetividade no primeiro paragrafo, ou tocar realmente em pontos muito relevantes para ele. Com leitores novos, é normal, que um paragrafo genérico, prolixo ou muito estilo “bate papo” gere confusão e desinteresse.

Mas, é comum também que leitores que já nos conhecem apreciam nossa voz no texto dizendo: “Oi meninas! Que semana puxada hein?”.

Fora isso, é muito interessante indicarmos logo no inicio o tipo de conteúdo que o texto trás.

Infelizmente muitas Psi´s não sabem, mas um texto pode representar conteúdos muito diferentes. Existem por exemplo:

  • Conteúdos técnicos;
  • Conteúdos de credibilidade;
  • Conteúdos de Conexão; Etc…

Se você já entende esta diferença, vai descobrir que é muito bom no inicio de um texto indicar o que estamos trazendo ali. Pode ser uma história com uma finalidade, uma questão técnica, uma experiência pessoal…

E, se formos traduzir estes aspectos do primeiro paragrafo em poucos palavras, seria possível dizer simplesmente que:

O Primeiro paragrafo precisa de um objetivo e tem que dizer para que veio, ser escrito com empatia e objetividade, visando gerar um resultado bom para o leitor e para quem escreve.

A pergunta seguinte talvez seja: Como fazer isso?

Acompanhe o blog e vá aprendendo aos poucos com os conteúdos colocados diáriamente aqui.

Dúvidas? Comentários?

Fale! Adoro ouvir quem lê! Adoro papear com Psi´s!

Abraços,

Comente Aqui:

comments

Cadu Borbolla

“Co-Fundador do Instituto PsicoEducação, Publicitário, Palestrante e Consultor de Marketing e Marketing Digital, atuou como terapeuta por mais de 10 anos com certificação internacional e extensão universitária em hipnose, além de formação em terapia cógnito comportamental. Apaixonado por Psicologia e Desenvolvimento Humano, é graduando em Psicologia.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *